segunda-feira, 15 de junho de 2009


Não façamos, entretanto, discussão sobre opiniões religiosas. Não pretendemos, pois, com os presentes argumentos, abalar a fé religiosa de qualquer praticante ou desmerecer a opinião das diversas correntes do pensamento, científico ou não. Porém, afirmamos que a única fé incontestável é a razão. E é certo que a verdadeira fé é inabalável. Assim, não desejamos pôr em dúvida ou questão a fé religiosa dos fiéis que atacam o Espiritismo pretextando o conhecimento da “Palavra de Deus”. Mas, tomando ora as mesmas palavras do impulsor do Movimento Espírita, Allan Kardec, dizemos que “fé inabalável só é a que pode encarar frente a frente a razão.”

Fábio Cezar


2 comentários:

Nilton disse...

Isso em qualquer época da humanidade... O tempo passa, a ciencia humana evolue e o Espiritismo, como ciencia estudando sobre fatos, evolue tambem. As verdades ja estão la, o avanço consiste em nos aproximarmos delas.

Fábio Cezar disse...

Exatamente, caro. Kardec não disse a primeira nem a última palavra. É próprio do Espiritismo seu caráter construtivista e prudente reconhecer sua própria "incompletude" para que possa, como o homem, sempre evoluir.